domingo, 8 de novembro de 2009

olha ali!

renata almoça poemas
janta cores e respira amor
amiga da terra assim na terra
como no céu estrelado
roxo ou lunar

mulher não é mucisista é música
mulher não é poetisa é poesia

olha ali!

renata livre
sem mim sem "minha"
sem manha
manhã de estréia!
nova peça em cartaz

riachão de água viva
tempo já:
eterna performance

olha ali!

5 comentários:

Victor Jabbour disse...

Que beleza, Josa!
Belos versos, bela rítmica!

Tem dança, tem cor.

Bravo!

ligia.aggio disse...

lindo, Josa, lindo!

foi meu almoço de hoje... acho que a dieta continua de parabéns!

rs...

meu amigo
o possessivo
é meu amigo também
=)

pois então que sejamos música&poesia, montemos a companhia! pq melhor companhia que vocês, meus ricos companheiros, não posso encontrar.

e o tempo é já!
bebamos da água viva, porque o rio corre e o show não pode parar.

performance-paixão
que seja eterno enquanto dure
esse grão nosso de cada dia
assim na terra roxa
como no céu estrelado
e o pão é chapado (viu, garçom!)

{ah, e nada de ter ciúme um do outro
especialmente daqueles que já se foram, tadinhos
tratemo-nos com os melhores dos carinhos
pois já são tão somente espíritos-alimento do espírito}

ligia.aggio disse...

olha lá, Josafá!

Josa disse...

olhando!!

vamos bebendo, firme na trupe. fé, paixão, paixão e fé no pão de cada dia.

abs grande, amigos.


ps;vcs são muito bondosos comigo;)

Raphael de Souza Araujo Lima disse...

aí eu queria ser mulher uí!
Só pra receber na boquinha poesia assim!

Tó amorzinho vem comer um bom bocadinho na boquinha ó o aviazinho!

oooommm!!!!

Brigado Poético!

LUZ