terça-feira, 26 de maio de 2009

AQUI


Ela por agora fica com o coração multiplicado em pétalas ardidas de fogo e esperança. As novidades não são novas. Um ar de que tudo esta pacato suspende seus lábios a uma janela secreta no meio dos seus sonhos de segunda-feira. Espera sem pressa o primeiro ou o ultimo instante magico acontecer. Nada, nem ninguém a deixa gozar de uma paz duradoura. O que se manifesta são lampejos de euforia e esta passagem se transforma em uma deglutição cósmica onde sua carne vai sendo devorada pela luz da existência dessas coisas todas, vai nutrindo sorridente a boca cabulosa-gulosa da Vida. Seus desejos indo por indo ficam cada vez mais simples, concisos e claros, uma gota de água caindo da tampa de uma panela a faz ganhar inspirações fortes e as suas lembranças se renovam imediatamente como a alegria de uma criança que no olhar mais cotidiano reconhece a mãe com brilhantesas nos olhos... Nem pense em deixar de lado esses devaneios! Aperte no peito uma porção de novas colheitas, musicas e palavras distintas sem inteligências parciais e com todo o sentido. Sabe... Vitalizando com as próprias mãos as fibras que nos são presentes.

Um comentário:

luiza sm disse...

dialogou com meu fiat lux.
[bom, eu achei. eu sempre acho diálogo com vc. :)]